Instituto Açoriano de Cultura
Página inicial | Associe-se | Contactos | Mapa do site
Eventos de 2004
Projectos Agenda Livraria virtual o IAC
 
 
INSIDE OUT
Claudio Moraes Sarmento
 
Academia das Artes dos Açores em Ponta Delgada
26 de Novembro a 9 de Dezembro de 2004

Carmina - Galeria de Arte Contemporânea - Angra do Heroísmo
19 de Fevereiro a 27 de Março de 2005

Em INSIDE OUT é apresentado um conjunto de esculuras revestidas a espelho.

Nestas obras procuro aprofundar reflexões sobre a condição humana, nomeadamente, sobre a memória e a identidadade.

A superfície exterior das esculturas reflecte a imagem do observador, parcela de identidade, que depois se confrorta com o interior sufocante, claustrofóbico, caótico (que dá prioridade ao emocional), proIongado até ao infinito através de um sistema de espelhos paralelo.

De formas rígidas, predefinidas na forma, não intervencionadas, parto para interiores orgânicos, que crescem envolvendo-nos. Da utilização de contrários, dentro/fora, rígido/orgânico, pré-fabricado/construído, vazio/preenchido, espelhado/colorido, propulsiono a vertigem da emoção desencadeada pelos processos mnésicos individuais e únicos, que se perdem com o desaparecimento do seu depoitário.

A intensidade emocional destas esculturas remete-nos para o interior de nós próprios, testemunhando a nossa própria existência. São metáforas da nossa interioridade. Cada objecto condensa a possibllidade de mútiplas associações nos confins das memórias evocadas no observador. Espaços muilas vezes não partilhados, escondidos, auto censurados.

Das mútiplas formas coloridas, orgâricas, intermas, destaca-se um sabor de infância. Procuro recuperar traços imperceptíveis de memórias fugitivas. Procuro captar instantes fugazes.

Interessa-me o impalpável, o subtil, o volátil, procuro dar voz a silêncios internos. Procuro oferecer emoções, sensações, reencontros.

Os objectos escolhidos representam a passagem do tempo e a transitoriedade da memória.

Transmulam-se em esculturas/objectos que são metáfora de presenças, e simultaneamente de ausências, ensaios de memória e de saudade, com pele de espelho.

Associações privadas desencadeiam turbulências emocionais no observador, cujo voyerismo se estimula. Trata-se de uma via para entrar nos processos psíquicos internos, através da auto-estrada das emoções. lsto pressupõe uma possiblidade de identificação dos observadores, num processo livre de associção e descocificação individual.

A fragmentação poderá assumir assim um simbolismo psicodinâmico no processo de trabalho. Representa simbolicamente a fragmentação da memória, mas é também uma tentativa de mais intimamente se poder elaborar uma nova síntese. Da acumulação desmesurada surge uma nova existência, carregada de carga emocional.

A pele exterior destas esculuras, ensaios de memória - INSIDE OUT, pouco ou nada revela das confrontações identitárias com o passado, que se constituíram em arqueologia de memórias. As sensações poderão ser de estar protegidoou desprotegido.

Claudio Moraes Sarmento

Nota bibliográfica

Nasceu em Lisboa, 1965 / Born in Lisbon, 1965
Curso de Pintura Ar.Co (Centro de Arte e Comunicação Visual) / Painting Course Ar.Co (Center of Art and Visual Communication)
Vive e trabalha em Lisboa / Lives and works in Lisbon

Exposições individuais / One Man Exhibitions:

2004 Inside-Out, Academia das Artes, Ponta Delgada, Açores
2004 Acechando a la memoria - Escultura, Galeria La Escalera, Cuenca, Espanha
2004 Museu do Hospital e das Caldas, Caldas da Rainha
2004

Inside-Out, Galeria Monumental, Lisboa

2003 Conciencia acumulada, Galeria Edurme, Madrid Espanha
2002 Memoriar, Galeria Monumental, Lisboa
2000 Vestígios, Galeria Monumental, Lisboa
1999 Parcelas de Infinito, Espaço Cultural Casal de São Domingos, Sintra
1997 Eros e Tanatos, Galeria Monumental, Lisboa
1996 Uma Questão de Sobrevivência, Galeria Monumental, Lisboa
1994 Transparências, Museu Botânico, Sétima Colina, Lisboa 94
1991 Galeria João Hogan, Lisboa

Exposições Colectivas (selecção) / Selected Group Exhibitions:

2004 Arte Lisboa 2004 - Feira Internacional de Arte Contemporânea / Contemporary Art Fair, Galeria Monumental, Lisboa
2004 Art Event, Salon Internacional, Galeria Monumental, Lille França
2004 I Bienal de Fotografia de Sintra Wenceslau Cifka
2004 El papel, ese soporte, Galeria Edurne, Madrid Espanha
2004 FEM - Festival Edición Madrid de Nuevos Creadores, Palácio de las Cariatides, Madrid, Project Room with Teresa Helbig
2004 Galeria Monumental, Lisboa
2003 Arte Lisboa 2003 - Feira Internacional de Arte Contemporânea / Contemporary Art Fair, Galeria Monumental, Lisboa
2003 ARCO'03 - Feira Internacional de Arte Contemporânea / Contemporary Art Fair, Madrid, Galeria Monumental
2003 XII Bienal Internacional de Arte de Vila Nova de Cerveira
2003 III Prémio City Desk, Centro Cultural de Cascais
2003 Galeria Edurne, Madrid Espanha
2002 Ambient'Ar-te - 2ª Bienal Internacional de Escultura de Leiria
2002 Arte Lisboa 2002 - Feira Internacional de Arte Contemporânea / Contemporary Art Fair, Galeria Monumental, Lisboa
2001 FAC 2001 - Feira de Arte Contemporânea / Contemporary Art Fair, Galeria Monumental, Lisboa
2001 ARCO'01 - Feira de Arte Contemporânea / Contemporary Art Fair, Galeria Monumental, Lisboa
2000 FAC 2000 - Feira de Arte Contemporânea / Contemporary Art Fair, Galeria Monumental, Lisboa
1999 FAC'99 - Feira de Arte Contemporânea / Contemporary Art Fair, Galeria Monumental, Lisboa
1999 X Bienal Internacional de Arte de Vila Nova de Cerveira
1999 Espaço Cultural Casal de São Domingos, Sintra
1997 Marca Madeira 97 - Feira de Arte Contemporânea / Contemporary Art Fair, Funchal, Madeira
  Foro Atlântico de Arte Contemporânea, Galeria Monumental, Santigo de Compostela
1994 Galeria Sintra
1990 III Exposição da Mais Jovem Pintura Portuguesa - Galeria Multiface, Lisboa
1990 Exposição de Pequeno Formato - Galeria Viragem, Cascais
1988 Museu Arquelógico, Faro
1988 Exposição itenerante (a convite da SEC) / Itinerant exhibition
  Mercado de Escravos, Lagos
  Convento do Espírito Santo, Loulé
  Casa Museu - Álvaro de Campos, Tavira
1987 3ª Bienal de Chaves
1987 1ª Bienal de Arte de Sintra
1987 2º Prémio de Artes Visuais da Cidade do Montijo
1986 Lagos 86 - 3ª Mostra de Artes Plásticas
1984 IV Bienal Internacional de Arte de Vila Nova de Cerveira

Representado nas seguintes colecções

Câmara Municipal de Tavira
Museu de Arte Contemporânea de Vila Nova de Cerveira

Eventos a decorrer
Eventos previstos
Eventos passados
Última actualização em 2005-03-11